Testando: Veluxe pearlfusion MAC – sombra ou pigmento?

Olá, Madames!!

Paleta pinkluxe veluxe mac

Há um tempo atrás comprei um kit de sombras da MAC da linhas Veluxe Pearlfusion, na cor Pinkluxe.

Quando comprei fiquei encantada com as cores, já que há tempos procurava uma paleta com cores rosinhas (foi antes de eu ganhar a Naked 3). Mas depois descobri que não se tratava de uma paleta de sombras comuns: essas cores são uma mistura entre sombra e pigmento prensado!

Pra quem não sabe, os pigmentos da MAC são espécies de sombras soltas altamente concentradas, que podem ser usados em diversas partes da maquiagem, não apenas como sombras. As cores são bem intensas e, quando aplicadas com um pincel molhado, causam grande impacto visual.

Assim sendo, essa paletinha de cores rosas e roxas pode não parecer tão pigmentada numa primeira aplicação, mas se usadas com um pincel molhado apresentam cores super fortes!

Na descrição da marca eles dizem que cada paleta tem cinco cores que se misturam entre si para criar makes para o dia ou para a noite, com acabamentos que variam do mate ao altamente perolizado.

Bom, pelo menos no caso da Pinkluxe, os acabamentos variam do altamente perolizado para o extremamente perolizado! Não tem nada mate nem com “leve brilho”. Tudo bem que esse brilho fica muito mais evidente quando aplicamos a sombra com água, mas mesmo seca dá pra ver uma quantidade considerável de purpurina nas cores.

As cores são as seguintes:

teste cores pinkluxe veluxe macDa esquerda para a direita:

– Blackened Plum: uva escuro, bastante perolado.

– blackened purple with purple pearl: roxo perolado.

– deep violet: violeta perolado.

– bright frosty pink: rosa claro perolado.

– frost white pink: rosinha quase branco, perolado.

As duas últimas cores são bem parecidas, sendo que a frost white pink é um pouco mais branco do que o bright frosty pink.

Achei as sombras fáceis de aplicar, mas quando usadas com pincel molhado ficam um pouco mais difíceis de esfumar – vale usar um pouco de sombra seca por cima para conseguir espalhar e misturar melhor as cores.

As cores são muito boas para fazer uma maquiagem para a noite, principalmente por causa do brilho. Para maquiagens diurnas, acho que dá pra usar um ou duas cores dessa paleta combinada com tons mais neutros ou menos brilhosos, para não causar tanto impacto sob a luz do dia.

Não são cores neutras, mas servem muito bem pra quem quer sair do básico e usar a criatividade com os tons rosados!

Além da paleta pinkluxe, a linhas Veluxe traz mais nove opções:

collage veluxe macPra testar a paleta, fiz uma maquiagem usando as sombras da Pinkluxe.

collage pinkluxe maquiagem

Além da paleta, usei o lápis de olho 24/7 Glide-On da Urban Decay na cor Pervetion e o rímel The Colossal da Maybelline.

Todas as sombras foram aplicadas com o pincel molhado. Para copiar a make, é só seguir esse esquema:

tutorial pinkluxe

Após aplicar as cores, esfume BEM para não ficar marcado, e complete com o lápis preto esfumado rente aos cílios superiores e na linha d’água. Você usar um pincel com estreito com a cor Blackened Plum para esfumar o lápis preto e deixá-lo mais arroxeado.

Que tal??

Beijinhos,

Madame Brum

Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.

Vale a pena investir?

Bom dia, Madames!

maquiagem na bandeja

Quando começamos a comprar nossos produtinhos de beleza é comum ficarmos em dúvida quanto à qualidade dos cosméticos e se realmente é necessário pagar mais de cem reais em uma base se existe uma outra marca super baratinha que vende bases por vinte reais.

Se há paletas com 50 cores de sombras sendo vendidas em camelôs, a troco de quê alguém pagaria R$66,00 em uma única cor da MAC?

A dúvida também pode ser no outro sentido: será que se eu comprar esse cosmético mais barato ele vai necessariamente ser pior? Todos os meus produtos de beleza devem ser de marcas famosas e caras?

Bom, eu sigo uma certa regra na hora de saber se vale ou não à pena investir mais dinheiro em um determinado item de beleza, e vou compartilhar com vocês:

Produtos para cuidados com a pele:

Se a dermatologista falou que vai ser bom pra minha pele, eu provavelmente vou comprar. Os cuidados pré-maquiagem são mais importantes do que a própria maquiagem! Estar com uma pele saudável deixa qualquer make mais bonito, e cuidar da pele não é tarefa fácil.

Eu ainda tenho algumas marquinhas de acne e de manchinhas de sol no rosto, e travo uma luta constante para não deixar a pele ficar feia/suja/sem vida. Isso exige cuidados e produtos específicos, e se for necessário usar uma marca “X”, vale o investimento.

Base, primer, corretivo e pó: 

BB Cream: 4 produtos em 1!

Esses produtos ficam em contato direto com a pele do rosto inteiro! Uma base ruim vai aumentar a oleosidade do rosto e entupir os poros, causando dois efeitos desagradáveis: a make vai ficar feia e a pele, suja.

A base, para mim, precisa ter um nível descente de cobertura, não aumentar a oleosidade da pele, não transferir (detesto quando vou cumprimentar alguém e percebo que sujei a outra pessoa com maquiagem, ou uso o celular e vejo que ele ficou cheio de base) e durar o dia todo!

Eu não preciso de um produto que desapareça da minha pele depois de duas horas.

O mesmo vale para o corretivo: não me adianta de nada um corretivo que denuncia minhas olheiras antes do pôr-do-sol!

O pó compacto e o pó translúcido seguem as mesmas regras da base, e precisam ter toque seco, com a maior duração e menor transferência possível, e se causar espinhas está excluído da penteadeira.

Já os primers devem garantir que a base ou a sombra fiquem no lugar certo durante todo o dia, sem perder pigmentação ou escorrer. Se não cumprir esse papel, é menos do que inútil. Além disso, por estarem em contato direto com apele, evidentemente devem ser produtos que não causem danos aos poros!

Assim sendo, produtos para a pele valem o investimento.

Blush, bronzer e iluminador:

bronzer

Apesar de também serem aplicados na pele, esses produtos normalmente são usados por cima da base e em quantidades reduzidas.

Por causa disso, os requisitos para o blush, o bronzer e o iluminador são bem menos rígidos para mim. Desde que tenha uma boa duração e pigmentação e uma cor bonita, um blush da Avon tem mais chances de estar na minha coleção do que um da Dior.

Pra falar a verdade, meus blushes preferidos são da MAC pela variedade de cores e pela pigmentação e duração bastante satisfatórias, mas os produtos da Quem Disse Berenice, por exemplo, não ficam pra trás e têm preços interessantes. O importante é ser do seu agrado, logo, não precisa investir (mas se quiser se banhar de luxo, divirta-se!).

O mesmo vale para os bronzers e iluminadores.

Sombra:

naked urban decay

Sombra é uma coisa que não precisa ser cara, mesmo! Com um bom primer você transforma qualquer pózinho colorido em uma sombra razoável.

O mais importante da sombra é que seja uma produto adequado para a região dos olhos, principalmente se você usa lentes de contato e tem chances de deixar um pouco do pó cair na lente.

Obviamente, uma sombra de qualidade facilita muito a vida, já que pode ser aplicada sem primer, misturada e espalhada com facilidade para fazer uma make bem bonita. Minhas marcas favoritas para sombras são a MAC e a Urban Decay, que têm um ótimo custo benefício. Não precisa investir, mas também não vamos colocar qualquer porcaria nos olhos, ok?

Delineador e rímel:

delineador em gel marina smith

Esses dois seguem as mesmas regras das sombras.

Precisam ser produtos adequados para a região dos olhos, o que significa que eu não vou comprar um delineador de camelô com procedência desconhecida. Mas também não há necessidade de se gastar R$ 155,00 num produto Guerlain (se bem que a embalagem é tão linda que dá vontade colocar na estante da sala).

Se você é daquelas que usa delineador só de vez em quando, compre um produtinho mais barato, que você não terá dó de jogar fora de estragar – lembre-se que usar produto vencido ou estragado pode ser muito perigoso.

Eu uso o delineador líquido da linha Intense d’O Boticário, e acho ele ótimo! É super preto e tem um aplicar bom, além de render bastante, ser fácil de remover e não borrar durante o dia. Ou seja: mesmo usando muito delineador, o meu produto é baratinho – custa R$ 17,59.

Se preferir um delineador em gel (veja aqui um tutorial de como usar), o da Marina Smith pode ser uma boa opção, por R$40,00, assim como o da MAC, por R$66,00 (nem tão barato, mas muito bom).

Para o rímel a filosofia é a mesma: meus produtos favoritos são super baratos! Há ótimas máscaras de cílios vendidas em farmácia, das marcas Maybelline e l’Oreal (a l”Oreal é bem barata fora do país, mas aqui os preços são menos interessantes). O Boticário também tem boas máscaras por preços justos, e não há necessidade de se pagar altos preços por esses produtos.

Batom

batons MAC

Esse é um item que não exige grandes investimentos, mas a gente acaba gastando fortunas mesmo assim. Quer coisa melhor do que ter váááárias cores de batom para usar conforme o humor do dia?

Bom, se você pretende ter uma boa variedade de cores, fica difícil que todos os seus batons sejam Yves Saint Laurent.

Novamente, não acho que dê pra comprar qualquer produtinho porcaria para passar na boca, mesmo porque acabamos “comendo” um pouco do batom ao longo do dia, e é bom ter certeza de que não tem nada tóxico nos seus lábios. Mas, dentre os produtos vendidos regularmente, qualquer um pode ser um bom candidato a uma vaga na sua penteadeira.

Algumas observações cabíveis: às vezes vale a pena investir num batom específico, que tenha uma duração maior ou seja mais adequado a alguma intolerância que você tenha na pele, se for o caso. Lembro que no meu casamento eu queria usar um batom vermelho, mas não queria que o noivo (e eu) saísse igual a um palhaço depois do beijo. Por isso paguei mais caro por um Pro Longwear Lipcolour da MAC, que garantiu os lábios vermelhos durante toda a festa sem transferir nadinha para o rosto do noivo!

Concentrada, passando meu batom Prolongwear para o casamento.  Não sabe como passar batom vermelho? Clique na foto para ver o tutorial.

Concentrada, passando meu batom Prolongwear para o casamento.
Não sabe como passar batom vermelho? Clique na foto para ver o tutorial.

Por tudo isso, acho que não precisa investir em batom, salvo em situações específicas.

Deu pra entender, né? Se quiser fazer testes com batons, sombras, lápis, delineadores, máscaras de cílios… divirta-se! Mas acho que vale investir um pouco mais nos produtos que cobrem diretamente a pele e podem vir obstruir poros ou causar alergias.

Mas ATENÇÃO: investir mais não significa pagar mais caro! Nem sempre o melhor produto pra você será o mais caro. O melhor investimento que você pode fazer é pesquisar bem sobre o cosmético antes de comprar e procurar o que melhor se adeque às necessidades da sua pele, pra não comprar uma base super seca e oil-free tendo uma pele já seca, por exemplo. Há ótimos produtos com preços não tão altos.

Quais são os produtos do seu kit de maquiagem que mais valeram o investimento??

Beijinhos,

Madame Brum

Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.

Demaquilantes: como escolher o seu

Bom dia, Madames!

O assunto de hoje não é como fazer maquiagem, mas sim como desfazer.

Meus demaquilantes

Meus demaquilantes

Todo mundo sabe que a limpeza da pele é importante, que não é aconselhável dormir com maquiagem para não obstruir os poros e tudo o mais.

Mas quando vamos escolher um demaquilante, descobrimos que são dezenas de tipos diferentes, cada um com uma indicação e especificidades e a gente fica sem saber qual escolher.

Como fazer então?

Primeiro: acompanhe os posts da Madame Brum pra não ficar por fora do assunto =D

Segundo: Analise as necessidades da sua pele e do tipo de maquiagem que você usa.

Terceiro: Teste.

Vou mostrar os demaquilantes que estão em uso atualmente lá em casa!

Demaquilantes Líquidos

Demaquilantes líquidos não-oleosos

Os dois demaquilantes da foto são líquidos e não oleosos. Isso significa que é possível retirar a maquiagem com eles sem precisar lavar o rosto depois, já que não fica aquela sensação de óleo no rosto!

A textura deles parece uma água mesmo, bem levinha. Aplicando com um algodão eles retiram muito bem a maquiagem e deixam a pele sem óleo nenhum.

O problema é que, por ser um demaquilante que não exige a lavagem do rosto depois, podemos nos enganar e acreditar que a pele já está limpa, o que não é verdade. Por mais que eles retirem muito bem a maquiagem (mesmo alguns produtos à prova d’água eu consigo remover), eles não fazem uma limpeza completa na pele, sendo necessário usar um sabonete de limpeza facial para completar o procedimento.

De qualquer modo, eles cumprem perfeitamente a função a que se propõem: retirar a maquiagem sem deixar o rosto melado – é exatamente por isso que estão entre os meus favoritos!

Uma grande vantagem dos dois produtos é que não irritam a pele do rosto. Não sei se devido à leveza da textura ou à composição, mesmo tendo a pele sensível nenhum dos dois demaquilantes me causam incômodo.

Os produtos da foto são:

Triple Action Cleansin Water – Sephora Collection (à direita) – comprado durante uma viagem, quando o demaquilante que eu tinha levado acabou. Foi o primeiro demaquilante desse tipo que eu usei, e gostei bastante pela proposta de ser leve, mas não é a melhor alternativa para remover uma maquiagem pesada. Gosto de usar o Triple Action quando, após lavar o rosto, percebo que ainda tem uns resquícios de maquiagem na região dos olhos – como não é oleoso, dá pra fazer só um “retoque” e tirar o restinho da maquiagem que ficou esquecida ali sem ter que lavar todo o rosto novamente.

Bioderma Créaline H2O Micelle Solution (à esquerda) – esse não é vendido no Brasil, mas há algum tempo gerou um frisson no mundo de beleza, pois todas as blogueiras passaram a considerá-lo o melhor demaquilante do mundo. Não dá pra mentir: ele é bom mesmo! É incrível que um produto tão leve seja tão eficiente para retirar a maquiagem (inclusive dos olhos)! Só é preciso lembrar que, embora seja super leve, não deixe uma sensação melada na pele e ainda tire muito bem a maquiagem, ele não substitui os procedimentos de limpeza a cútis.

Demaquilantes Bifásicos

demaquilantes bifásicosO primeiro demaquilante que eu lembro de ter usado na vida foi um bifásico d’O Boticário.

Esse tipo de demaquilante possui uma mistura heterogênea que não se mistura. Enquanto a porção líquida é responsável por retirar a maquiagem, o óleo diminui a fricção do algodão com o rosto, evitando que a pele seja excessivamente agredida durante a remoção da maquiagem. O óleo também tem a função de manter a hidratação da pele, frequentemente prejudicada pela ação demaquilante.

Por essas características, o demaquilante bifásico é o mais indicado para retirar maquiagem à prova d’água, já que normalmente é necessário esfregar um pouco mais a pele nesses casos.

Prós: costumam ser mais eficientes na remoção da maquiagem, principalmente aquelas mais difíceis ou à prova d’água. Por ter uma porção oleosa, não agridem tanto o rosto quando é necessário esfregar algumas vezes o algodão conta a pele.

Contras: É oleoso. Quem tem pele oleosa, como eu, não tolera nada oleoso. Pra mim, não adianta só lavar o rosto depois de usar esse demaquilante – eu preciso tomar um banho logo, pra tirar todos os resquícios de óleo!

Produtos da foto:

Waterproof eye makup remover – Sephora Collection (à esquerda): especialmente formulado para a área dos olhos, é bem eficiente.

Bi-facil – Lancôme (à direita): a embalagem promete efeito não oleoso, mas é mentira. É oleoso sim! Ainda assim, é um ótimo demaquilante, não irrita a pele e remove muito bem a maquiagem. Já é um clássico do mundo dos cosméticos!

Sabonetes e espumas

demaquilantes banho

Esses demaquilantes normalmente são usados durante o banho e promovem uma limpeza da pele, removendo também a maquiagem.

A praticidade de poder tirar a maquiagem já durante o banho é ótima! Poupa tempo e você já adianta a limpeza do rosto também. Mas bom mesmo é poder limpar tudo sem fazer uma aguaceira na pia nem ficar esfregando algodões no rosto.

O shampoo para bebês da Johnson&Johnson não é exatamente um demaquilante – pelo menos não é vendido como tal. Mas já é um clássico que toda mulher vaidosa aprendeu a usar para retirar a maquiagem de dia a dia!

Como é um shampoo de pH neutro desenvolvido para não agredir a pele dos bebês, acaba fazendo um ótimo trabalho na limpeza dos nossos rostinhos também!

Isso sem falar que é ótimo lavar o rosto com um sabão que não arde os olhos, né? Dá pra tirar a maquiagem todinha com a água morna do banho e esse shampoozinho, e sair com o rosto limpo e sem olhos vermelhos.

Quer mais um benefício? É baratinho! Por cerca de R$20,00 você encontra um potão de shampoo!

O Shiseido Pureness é um mousse de limpeza facial bastante eficiente, que eu usei por muito tempo e gosto bastante. É perfeito para peles oleosas porque retira a maquiagem sem prejudicar muito a hidratação da pele, mesmo sendo não oleoso. Mas tem dois problemas: se entrar nos olhos vai arder, e é caro.

Ainda assim, é um dos demaquilantes mais eficientes e agradáveis que eu já usei – além de tirar a maquiagem, ele deixa a pele bem limpinha!

Já o Galatée Confort da Lancôme é um leite demaquilante. Ele não precisa ser usado no banho – na verdade, a indicação é que seja aplicado com um algodão e depois removido com água, não tem nada a ver com a hora do banho.

Na minha opinião ele não é tão eficiente quanto os outros demaquilantes, mas tem uma textura leve e super hidratante. Eu comprei esse produto por engano numa viagem, e não percebi que era um demaquilante para peles secas.

Já conversei com pessoas com a pele mais seca e, em geral, esse demaquilante é muito confortável para elas, já que não deixa aquela tradicional sensação de repuxamento na pele depois de remover a maquiagem. Mas para quem tem pele normal a oleosa, ele pode não ser a melhor escolha.

Eu acabo usando o Galatée durante o banho para poder lavar com um sabonete facial logo em seguida, e evitar a sensação super hidratante que me desagrada. Mas se sua pele for seca, talvez ele seja a melhor opção!

Demaquilantes em creme

creme demaquilante marina smith

creme demaquilante Marina Smith

 Os demaquilantes em creme têm uma fórmula mais densa. Ao ser esfregado sobre o rosto, “dissolve” a maquiagem, removendo-a.

Em geral os produtos desse tipo possuem agentes hidratantes e são indicados para pessoas com pele seca ou madura.

Não tenho nenhum demaquilante em creme em uso no momento, mas tenho vontade experimentar o creme demaquilante com óleo de argan da Marina Smith (na foto acima), autora do blog 2beauty.

Pads e lenços demaquilantes

Demaquilante Eye Makeup Removing Pads

Os lenços e os pads demaquilantes são uma praticidade do mundo moderno: discos de algodão ou lencinhos já embebidos em demaquilante, de modo que é só retirar da embalagem e esfregar sobre os olhos!

Possuem a grande vantagem de serem super práticos – é mais fácil carregar um pacote de lenços na bolsa do que um pote de demaquilante líquido, que pode a qualquer momento vazar e estragar suas coisas, e ainda depende um algodão para ser aplicado.

O problema é que esses produtos causam muita fricção no rosto, não sendo tão adequados para o uso diário. Ainda assim, são perfeitos para viagens ou maquiagens leves, que não exigem tanta “esfregação” para sair!

Eu já usei esse Eye Makup Remover Pad da Sephora e gostei muito, pois tirava bem a maquiagem dos olhos sem causar irritação.

Demaquilantes em gel

wash-away gel cleanser

Taí um produto que eu nunca usei mesmo: demaquilante em gel. Descobri há pouco tempo que isso existia e achei genial: como todos os produtos em gel, eles são indicados para peles oleosas ou muito oleosas, retirando a maquiagem de forma oil-free e sem causar irritações!

Se alguém já testou algum demaquilante em gel, por favor me conte!

O produto da foto é o Wash-away gel clinser da Clinique, atualmente indisponível nas lojas da Clinique.

 

Em resumo:

Para peles oleosas: demaquilantes líquidos, em gel ou sabonetes demaquilantes.

Para peles secas: demaquilantes bifásicos ou em creme.

Para dias de preguiça e para carregar na bolsa: lenços ou pads demaquilantes.

Para usar no banho: espumas ou sabonetes demaquilantes.

Para peles normais: qualquer um.

Para maquiagem à prova d’água: demaquilantes bifásicos ou em creme.

Lembrem-se sempre que há demaquilantes específicos para a área dos olhos, que são regiões mais sensíveis e podem sofrer desconforto com alguns produtos.

É demaquilante para todos os gostos!

Escolha o seu e mantenha sua pele limpa para um visual mais bonito e saudável.

Beijinhos,

Madame Brum

Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.

Solução para unhas quebradiças e cutículas ressecadas

Bom dia, Madames!!

cera nutritiva cutícula unha granado e madame

Como vocês estão? Já estão treinadas em fazer as próprias unhas?

Quem mora em locais secos ou lava muito as mãos talvez identifique um probleminhas com as cutículas: elas ficam ressecadas e machucadas!

Isso talvez não aconteça com todo mundo, mas em períodos de seca minhas cutículas ressecam muito e começam a “rachar”, o que dói um pouco.

Além disso, minhas unhas sempre foram bastante quebradiças – na época que fazia as unhas em salões de beleza a minha manicure ficava me perguntando COMO eu conseguir quebrar quase todas as unhas todas as semanas. Elas iam desfolhando, soltando camadinhas finas nas pontas, até ficarem muito finas e quebrarem (ou rasgarem, já que pareciam papel).

Quando comecei a fazer as unhas em casa, adotei um produtinho na minha rotina que me ajudou muito com as duas coisas, pois hidrata as cutículas e as unhas, promovendo um fortalecimento das unhas quebradiças: a Cera nutritiva de unhas e cutículas da Granado.

cera nutritiva unhas cuticula granado

Essa cerinha faz parte da famosa linha Pink da marca, e é um pequeno milagre de carregar na bolsa!

Eu não uso a cera enquanto estou fazendo as unhas, mas aplico sempre que percebo que os cantinhos dos dedos estão ressecados. E posso dizer: foi ela que finalmente fez minhas unhas pararem de quebrar!

A marca instrui aplicação na região das unhas e cutículas, duas vezes ao dia.

É óbvio que eu não lembro de passar com tanta frequência! Devo usar umas duas vezes na semana, quando vejo que os dedos estão esbranquiçados de tão ressecados.

Mesmo usando com a frequência errada, no entanto, essa cera deu uma boa fortalecida nas minhas unhas, de modo que elas quase não quebram mais! Nunca mais tive problemas com unhas desfolhando, e, de brinde, ainda consigo recuperar as cutículas quando estão ressecadas!

Eu já tinha tentado vários tipos de esmaltes fortalecedores, mas nenhum tinha resolvido meu problema até então.

Aparentemente, faltava algum nutriente nas unhas que a cera nutritiva conseguiu restaurar, dando forças às garras novamente!

YUPIIIII!!!!!!

É óbvio que essa não vai ser a solução para todas as unhas quebradiças do mundo, mas é um teste bem barato: R$ 20,00 o potinho! E ele dura muito! Tanto que eu nunca terminei um pote – sempre que comprei um novo foi porque perdi ou esqueci os meus por aí…

cera cutícula granado aberta

A textura é levemente oleosa, mas a unha e a pele absorvem rápido, e não fica aquela sensação melada.

Esses dias estava lavando os pincéis e, depois de lavar as mãos muitas vezes no processo de limpeza, minhas cutículas estavam bem ressecadas, assim:

cutícula ressecada

Logo saquei minha cerinha milagrosa e os resultados são imediatos:

cutícula hidratada

Na foto eu tinha acabado de aplicar a cera. Dá pra ver que o dedo ainda está “brilhosinho” por causa dela, mas logo depois já volta ao normal – e a hidratação permanece.

Acho importante comentar que os hidratantes de mão não são muito úteis na hidratação das unhas. Eles até ajudam um pouco na parte das cutículas, já que também é pele, mas para cuidar das unhas é necessário usar produtos específicos.

Com o uso contínuo a gente percebe que a pele está mais saudável e a cutícula fica mais fácil de lidar: às vezes nem é necessário tirar a cutícula porque ela fica mais controlada.

Fica a dica de um produtinho nacional, baratinho e tudo de bom pra quem não sabe o que fazer com as cutículas ressecadas e unhas quebradiças!

Alguém mais sobre com cutículas ressecadas ou unhas fracas? Alguma sugestão de cuidados alternativos para esses casos?

Beijinhos,

Madame Brum

Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.

Trilogia Naked: tons neutros para todos os gostos

Bom dia, Madames!!

Naked 1, 2 e 3

Depois de explicar todo o meu amor pela paleta Naked 3 nesse post, resolvi fazer uma comparação entre os três kits-sucesso da marca Urban Decay: as Nakeds 1, 2 e 3.

A distribuição de cores neutras das três paletas foi (e continua sendo) sucesso de crítica entre os amantes de maquiagem. A versatilidade das cores impressiona e as possibilidades de combinações entre elas é muito interessante.

Quando lançaram a Naked 1, tudo o que se dizia era: ela é tudo o que você precisa. Acontece que depois lançaram a duas sucessoras e ficou a sensação de que a gente precisa das três!! Rsrsrs

A verdade é que isso é exagero. Uma paleta de sombras neutras é mais do que suficiente, e, evidentemente, há diversas marcas que oferecem combinações de cores similares às da Urban Decay – a maioria surgiu depois do sucesso dessa linha.

Mas aí surge a dúvida: se for pra escolher uma só, qual escolher?

Amiga, boa sorte com sua escolha de Sofia, eu não saberia dizer qual é a melhor das três.

Mas dá pra dar uma ajudinha mostrando as semelhanças e diferenças de cada uma!

Naked

O primeiro kit foi batizado apenas de Naked. Provavelmente não esperavam que o sucesso fosse tão grande a ponto de valer a pena lançar continuações com a mesma alcunha.

Cores da Naked, em baixo, e da Naked 2, em cima.

Cores da Naked, em baixo, e da Naked 2, em cima.

As cores da Naked (paleta de baixo da foto) variam entre tons de dourado e marrom, sendo que apenas as cores creep  e gunmetal quebram um pouco essa linha.

Teste de cores da Naked

Teste de cores da Naked

Da esquerda para a direita:

Virgin: Nude clarinho acetinado, sem brilho.

Sin: Champagne com brilho.

Naked: Cor de pele mate. É um marrom/castanho, e por ser sem brilho é muito útil para pessoas de pele branca ou levemente morena.

Sidecar: O tom é parecido com a cor Naked, mas bem cintilante. Apesar do brilho, é uma sombra razoavelmente discreta devido à cor.

Buck: Marrom mate, mais escuro do que a Naked. Uma das minhas cores favoritas para marcar o côncavos nas makes mais leves.

Half baked: bronze-dourado cintilante, lindo!

Smog: Marrom cintilante, funciona muito bem com a half baked.

Darkhorse: Marrom/ bronze escuro cintilante.

Toasted: Bege cintilante, menos amarelado do que as cores acima e mais escuro do que a Sin.

Hustle: Mais um marrom cintilante, pra mim é um intermediário entre o Smog e o Darkhorse.

Creep: Cinza escuro (ou preto claro) metálico.

Gunmetal: Cinza escuro e azulado, também é metálico.

Como podem ver, as cores são mesmo muito práticas, já que você consegue fazer desde uma maquiagem básica de dia a dia a uma make mais dramática para festas usando a mesma paleta!

Naked 2

Após um tempo a marca Urban Decay achou boa ideia lançar a continuação da Naked, nomeada de Naked 2.

Mesmo mantendo a linha de cores neutras, a Naked 2 traz tons menos amarelados (exceto pela cor Half Baked, repetida da Naked 1) e mais frios, incluindo cores que permitem uma make prata, além de uma sombra realmente preta, que faltava na paleta anterior.

Teste de cores da paleta Naked 2

Teste de cores da paleta Naked 2

Da esquerda para a direita, as cores são:

Foxy: Areia mate, bem clarinho.

Half baked: Bronze-dourado cintilante, repetido da paleta Naked 1.

Bootycall: Areia cintilante, um pouquinho mais escuro do que a foxy.

Chopper: Cobre cintilante com brilhos prateados.

Tease: Marrom pálido com acabamento mate.

Snake Bite: Marrom/ bronze escuro com base metálica.

Suspect: Marrom pálido com acabamento cintilante.

Pistol: Cinza levemente amarronzado, com acabamento metálido.

Verve: Prata cintilante.

YDK: Bronze frio e metálico.

Busted: Marrom escuro cintilante.

Blackout: Preto mate.

As cores um pouco mais frias talvez favoreçam quem tem o subtom de pele rosado, mas pela variedade e neutralidade das cores ainda é bastante adequada pra quem tem uma pele de tonalidade mais quente.

Naked 3

naked 3 urban decay paleta

Já falei da Naked 3 nesse post. Ela segue a mesma ideia de cores neutras, mas tem uma tendência um pouco mais rosada, podendo ser mais interessante pra quem subtom de pele amarelo/quente. Ainda assim, continua caindo bem em todos os tipos de pele.

Só para referência, segue a foto das amostras de cores na pele. A descrição completa da paleta está aqui.

Teste de cores da Naked 3

Teste de cores da Naked 3

 

Resumo:

Os três kits são ótimos pela versatilidade das cores. As sombras da Urban Decay têm pigmentação ótimo e são fáceis de aplicar. Para potencializar as cores, você sempre pode usar o primer de sombras da mesma marca ou de outra, ou aplicar as cores com um pincel um pouco molhado – mas mesmo sem nenhum dos dois artifícios as cores já são bem interessantes!

Eu não saberia dizer qual paleta é a melhor. Acho que depende um pouco das preferências de tonalidade de cada e do tipo de pele. Como eu disse, parece que a Naked 2 fica um pouquinho melhor das peles de subtom frio, enquanto pessoas com subtom quente podem não curtir muito as tonalidades rosadas da Naked 3. Aos meus olhos, a Naked 1 continua sendo unânime!

Os contras de todas as paletas são: tamanho e preço.

Os produtos mais novos (Naked 2 e 3) têm estojos de metal que ajudam muito a manter as embalagens intactas mesmo que eles morem dentro da sua bolsa, mas elas são bem grandinhas pra carregar o tempo todo por aí. Por outro lado, em uma viagem é ótimo poder pegar uma dessas três e não precisar levar mais cores avulsas.

Quanto aos preços: A Naked está custando R$ 199,00 na Sephora; a Naked 2 custa R$ 219,00 e a Naked 3, R$ 219,00.

Nada muito barato, né? Mas se você calcular que são 12 sombras em cada paleta, cada uma sai por R$ 18,25 (ou R$16,58, na Naked 1). Aí dói um pouquinho menos, rsrs.

É lógico que ninguém precisa de nenhuma das três (muito menos das três!), mas é difícil não se apaixonar por uma delas!

Naked 1, 2, 3

Naked 1, 2, 3

Se fosse pra escolher só uma, eu escolheria… ahn… sei lá! Boa sorte na escolha!

Depois me conte se você conseguiu decidir qual é a sua favorita, ou se preferiu aderir às sombras neutras de outras marcas!

Beijinhos,

Madame Brum


Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.

Aviso de viagem e mudança na frequência de posts

Bom dia, Madames!

Estarei de férias nesse mês e, por causa disso, a frequência de posts vai mudar um pouquinho nesse período: até o final desse mês teremos novidades às segundas e quintas feiras, ao invés da tradicional periodicidade de segundas, quartas e sextas.

As postagens estão agendadas e eu continuarei recebendo as comentários e curtidas de vocês!

Las Vegas Strip

Vegas Strip

E quanto eu voltar, teremos novos posts na tag “Viagens”, dessa vez sobre… VEGAS, BABY!

See you soon,

Madame Brum

Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.