Demaquilantes: como escolher o seu

Bom dia, Madames!

O assunto de hoje não é como fazer maquiagem, mas sim como desfazer.

Meus demaquilantes

Meus demaquilantes

Todo mundo sabe que a limpeza da pele é importante, que não é aconselhável dormir com maquiagem para não obstruir os poros e tudo o mais.

Mas quando vamos escolher um demaquilante, descobrimos que são dezenas de tipos diferentes, cada um com uma indicação e especificidades e a gente fica sem saber qual escolher.

Como fazer então?

Primeiro: acompanhe os posts da Madame Brum pra não ficar por fora do assunto =D

Segundo: Analise as necessidades da sua pele e do tipo de maquiagem que você usa.

Terceiro: Teste.

Vou mostrar os demaquilantes que estão em uso atualmente lá em casa!

Demaquilantes Líquidos

Demaquilantes líquidos não-oleosos

Os dois demaquilantes da foto são líquidos e não oleosos. Isso significa que é possível retirar a maquiagem com eles sem precisar lavar o rosto depois, já que não fica aquela sensação de óleo no rosto!

A textura deles parece uma água mesmo, bem levinha. Aplicando com um algodão eles retiram muito bem a maquiagem e deixam a pele sem óleo nenhum.

O problema é que, por ser um demaquilante que não exige a lavagem do rosto depois, podemos nos enganar e acreditar que a pele já está limpa, o que não é verdade. Por mais que eles retirem muito bem a maquiagem (mesmo alguns produtos à prova d’água eu consigo remover), eles não fazem uma limpeza completa na pele, sendo necessário usar um sabonete de limpeza facial para completar o procedimento.

De qualquer modo, eles cumprem perfeitamente a função a que se propõem: retirar a maquiagem sem deixar o rosto melado – é exatamente por isso que estão entre os meus favoritos!

Uma grande vantagem dos dois produtos é que não irritam a pele do rosto. Não sei se devido à leveza da textura ou à composição, mesmo tendo a pele sensível nenhum dos dois demaquilantes me causam incômodo.

Os produtos da foto são:

Triple Action Cleansin Water – Sephora Collection (à direita) – comprado durante uma viagem, quando o demaquilante que eu tinha levado acabou. Foi o primeiro demaquilante desse tipo que eu usei, e gostei bastante pela proposta de ser leve, mas não é a melhor alternativa para remover uma maquiagem pesada. Gosto de usar o Triple Action quando, após lavar o rosto, percebo que ainda tem uns resquícios de maquiagem na região dos olhos – como não é oleoso, dá pra fazer só um “retoque” e tirar o restinho da maquiagem que ficou esquecida ali sem ter que lavar todo o rosto novamente.

Bioderma Créaline H2O Micelle Solution (à esquerda) – esse não é vendido no Brasil, mas há algum tempo gerou um frisson no mundo de beleza, pois todas as blogueiras passaram a considerá-lo o melhor demaquilante do mundo. Não dá pra mentir: ele é bom mesmo! É incrível que um produto tão leve seja tão eficiente para retirar a maquiagem (inclusive dos olhos)! Só é preciso lembrar que, embora seja super leve, não deixe uma sensação melada na pele e ainda tire muito bem a maquiagem, ele não substitui os procedimentos de limpeza a cútis.

Demaquilantes Bifásicos

demaquilantes bifásicosO primeiro demaquilante que eu lembro de ter usado na vida foi um bifásico d’O Boticário.

Esse tipo de demaquilante possui uma mistura heterogênea que não se mistura. Enquanto a porção líquida é responsável por retirar a maquiagem, o óleo diminui a fricção do algodão com o rosto, evitando que a pele seja excessivamente agredida durante a remoção da maquiagem. O óleo também tem a função de manter a hidratação da pele, frequentemente prejudicada pela ação demaquilante.

Por essas características, o demaquilante bifásico é o mais indicado para retirar maquiagem à prova d’água, já que normalmente é necessário esfregar um pouco mais a pele nesses casos.

Prós: costumam ser mais eficientes na remoção da maquiagem, principalmente aquelas mais difíceis ou à prova d’água. Por ter uma porção oleosa, não agridem tanto o rosto quando é necessário esfregar algumas vezes o algodão conta a pele.

Contras: É oleoso. Quem tem pele oleosa, como eu, não tolera nada oleoso. Pra mim, não adianta só lavar o rosto depois de usar esse demaquilante – eu preciso tomar um banho logo, pra tirar todos os resquícios de óleo!

Produtos da foto:

Waterproof eye makup remover – Sephora Collection (à esquerda): especialmente formulado para a área dos olhos, é bem eficiente.

Bi-facil – Lancôme (à direita): a embalagem promete efeito não oleoso, mas é mentira. É oleoso sim! Ainda assim, é um ótimo demaquilante, não irrita a pele e remove muito bem a maquiagem. Já é um clássico do mundo dos cosméticos!

Sabonetes e espumas

demaquilantes banho

Esses demaquilantes normalmente são usados durante o banho e promovem uma limpeza da pele, removendo também a maquiagem.

A praticidade de poder tirar a maquiagem já durante o banho é ótima! Poupa tempo e você já adianta a limpeza do rosto também. Mas bom mesmo é poder limpar tudo sem fazer uma aguaceira na pia nem ficar esfregando algodões no rosto.

O shampoo para bebês da Johnson&Johnson não é exatamente um demaquilante – pelo menos não é vendido como tal. Mas já é um clássico que toda mulher vaidosa aprendeu a usar para retirar a maquiagem de dia a dia!

Como é um shampoo de pH neutro desenvolvido para não agredir a pele dos bebês, acaba fazendo um ótimo trabalho na limpeza dos nossos rostinhos também!

Isso sem falar que é ótimo lavar o rosto com um sabão que não arde os olhos, né? Dá pra tirar a maquiagem todinha com a água morna do banho e esse shampoozinho, e sair com o rosto limpo e sem olhos vermelhos.

Quer mais um benefício? É baratinho! Por cerca de R$20,00 você encontra um potão de shampoo!

O Shiseido Pureness é um mousse de limpeza facial bastante eficiente, que eu usei por muito tempo e gosto bastante. É perfeito para peles oleosas porque retira a maquiagem sem prejudicar muito a hidratação da pele, mesmo sendo não oleoso. Mas tem dois problemas: se entrar nos olhos vai arder, e é caro.

Ainda assim, é um dos demaquilantes mais eficientes e agradáveis que eu já usei – além de tirar a maquiagem, ele deixa a pele bem limpinha!

Já o Galatée Confort da Lancôme é um leite demaquilante. Ele não precisa ser usado no banho – na verdade, a indicação é que seja aplicado com um algodão e depois removido com água, não tem nada a ver com a hora do banho.

Na minha opinião ele não é tão eficiente quanto os outros demaquilantes, mas tem uma textura leve e super hidratante. Eu comprei esse produto por engano numa viagem, e não percebi que era um demaquilante para peles secas.

Já conversei com pessoas com a pele mais seca e, em geral, esse demaquilante é muito confortável para elas, já que não deixa aquela tradicional sensação de repuxamento na pele depois de remover a maquiagem. Mas para quem tem pele normal a oleosa, ele pode não ser a melhor escolha.

Eu acabo usando o Galatée durante o banho para poder lavar com um sabonete facial logo em seguida, e evitar a sensação super hidratante que me desagrada. Mas se sua pele for seca, talvez ele seja a melhor opção!

Demaquilantes em creme

creme demaquilante marina smith

creme demaquilante Marina Smith

 Os demaquilantes em creme têm uma fórmula mais densa. Ao ser esfregado sobre o rosto, “dissolve” a maquiagem, removendo-a.

Em geral os produtos desse tipo possuem agentes hidratantes e são indicados para pessoas com pele seca ou madura.

Não tenho nenhum demaquilante em creme em uso no momento, mas tenho vontade experimentar o creme demaquilante com óleo de argan da Marina Smith (na foto acima), autora do blog 2beauty.

Pads e lenços demaquilantes

Demaquilante Eye Makeup Removing Pads

Os lenços e os pads demaquilantes são uma praticidade do mundo moderno: discos de algodão ou lencinhos já embebidos em demaquilante, de modo que é só retirar da embalagem e esfregar sobre os olhos!

Possuem a grande vantagem de serem super práticos – é mais fácil carregar um pacote de lenços na bolsa do que um pote de demaquilante líquido, que pode a qualquer momento vazar e estragar suas coisas, e ainda depende um algodão para ser aplicado.

O problema é que esses produtos causam muita fricção no rosto, não sendo tão adequados para o uso diário. Ainda assim, são perfeitos para viagens ou maquiagens leves, que não exigem tanta “esfregação” para sair!

Eu já usei esse Eye Makup Remover Pad da Sephora e gostei muito, pois tirava bem a maquiagem dos olhos sem causar irritação.

Demaquilantes em gel

wash-away gel cleanser

Taí um produto que eu nunca usei mesmo: demaquilante em gel. Descobri há pouco tempo que isso existia e achei genial: como todos os produtos em gel, eles são indicados para peles oleosas ou muito oleosas, retirando a maquiagem de forma oil-free e sem causar irritações!

Se alguém já testou algum demaquilante em gel, por favor me conte!

O produto da foto é o Wash-away gel clinser da Clinique, atualmente indisponível nas lojas da Clinique.

 

Em resumo:

Para peles oleosas: demaquilantes líquidos, em gel ou sabonetes demaquilantes.

Para peles secas: demaquilantes bifásicos ou em creme.

Para dias de preguiça e para carregar na bolsa: lenços ou pads demaquilantes.

Para usar no banho: espumas ou sabonetes demaquilantes.

Para peles normais: qualquer um.

Para maquiagem à prova d’água: demaquilantes bifásicos ou em creme.

Lembrem-se sempre que há demaquilantes específicos para a área dos olhos, que são regiões mais sensíveis e podem sofrer desconforto com alguns produtos.

É demaquilante para todos os gostos!

Escolha o seu e mantenha sua pele limpa para um visual mais bonito e saudável.

Beijinhos,

Madame Brum

Não perca nenhuma novidade do blog!
Preencha seu nome e e-mail abaixo e receba as novas postagens diretamente em seu correio eletrônico.

Deixe uma resposta